Esse cara chamado Tantão

Uma das atrações da próxima Mamba Negra, músico é lenda do underground carioca

Esse cara chamado Tantão
Marcelo Mudou

“O maior clubber que eu conheço” é o jeito escolhido pelo músico Cainã Bomilcar para se referir ao mestre do underground carioca, vulgo Tantão. Cainã é um dos Fita, o duo formado com Abel Duarte, que sobe aos palcos sob alcunha sem firulas de Tantão e Os Fita. Desde os anos 1980, Carlos Antonio Matosinova ao agregar elementos eletrônicos ao Punk, aliado a altas doses de noise e distorções. Ex-integrante da banda Black Future, um marco oitentista após lançar o anti-hino Eu Sou o Rio (1988), Tantão ainda leva o caráter ousado às obras que produz como artista plástico, que renderam exposições em galerias de arte em Amsterdam.

Mas por que estamos falando de Tantão através de Cainã? Considerado um dos seres mais flanantes do submundo carioca, não é fácil marcar uma entrevista com quem é mais afeito às ruas. “Eu conheci o Tantão de vista. Depois ficamos amigos num ensaio. Ele estava sempre na rua, no rolê. Tinha uma loja de discos chamada Plano B, na Lapa, onde rolavam shows às sextas. Muitos artistas se conheceram ali e desenvolveram criações da música eletrônica do Rio”, complementa.

A união com o outro parceiro Fita, iniciada num ensaio, desdobrou-se em várias transmissões da Rádio Lixo, projeto de música experimental baseado em mídia analógica encabeçado pelos músicos Ju Frontinn (ODD) e Joaquim Pedro dos Santos. Ao lado dos Fita, o artista gravou seu primeiro disco autoral, Espectro (2017, QTV), uma porrada noise futurista cheia de frases desconexas que são um soco no estômago dos desavisados. Tudo foi gravado em um dia, numa session entre os três.

E aquele papo de maior clubber? “Tantão respira a cena clubber carioca há anos, considero ele o maior Punk também. O cara é amarradão em House Music, acompanha tudo desde as origens do estilo. Pode ter certeza, o próximo show do Tantão e Os Fita na Mamba Negra será daquelas noites históricas do underground paulistano. A festa rola neste sábado (22) em formato de festival na Fabriketa. No line-up, as minas dominam com Dr. Rubinstein, Vic Ortiz (Caldo), Amanda Mussi (Dusk/House of Divas), Carol Mattos (MASTERplano), Valentina Luz e Angela Carneosso estreiando seu live como Diaz. Saiba Mais

Artista: Tantão e os Fita

Marcadores: Eletrônico, Eletrônico Experimental, Noise Punk